29 de setembro de 2011

LA IMAGINACIÓN DE UN NIÑO.


En un pueblito olvidado por el mundo, había un niño que soñaba en volar. Él había hecho alas de papel y corría siempre cuando había viento. Saltaba desde pequeños montes. Pero, su intento era inútil. Sus alas de papel no lo hacían volar. Cambió el tipo del papel y corrió por todo el valle. El viento llevaba las hojas, pero no a él.
Un día, estaba sentado sobre una piedra, triste y callado. Cuando vio alas voladoras en le cielo.
Era un pájaro humano que se posó en el suelo y el niño admirado corrió hasta él.  Con el corazón agitado le contó al hombre su deseo.  En realidad el pájaro humano era un hombre quien compadecido  de la ilusión del niño lo invito a volar con él. Y fue así, que el niño del pueblito olvidado por el mundo, hizo realidad su sueño.
 M.C.Jachnkee

28 de setembro de 2011

Abertas inscrições para o Painel Literário da Primavera

Abertas inscrições para o Painel Literário da Primavera

A Editora Cultura em Movimento da Fundação Cultural de Blumenau- S.C. está recebendo poemas para o Painel Literário da Primavera, que será exposto a partir de outubro, na Biblioteca Municipal Fritz Müller. Os escritores interessados em participar devem enviar seus poemas com o tema Primavera para editora@fcblu.com.br até o dia 13 de outubro.

A mostra ficará aberta à visitação pública de 24 de outubro a 30 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h30, e aos sábados, das 8 horas ao meio-dia. A entrada é gratuita.

Fonte: Raquel Furtado, agente cultural FCB (3326 7511 à tarde)
Assessora de Comunicação: Marilí Martendal (3326 8124 e 9943 0235)

27 de setembro de 2011

LANÇAMENTO DO MEU LIVRO EM TIMBÓ- S.C.

26 de setembro de 2011

HAICAI: VITÓRIA!

Es flor da Amazônia,

encantas com tua vitória

ainda que de outrora.
(M.C.Jachnkee)

25 de setembro de 2011

Divulgando o blog da escritora Juliana Arruda!!

Olá amigos! Ontem conheci a
Juliana Arruda...e adivinhem..ela escreve!! Até aí tudo bem!! Mas é que ela está postando a web novela no blog !! Demais!!!!
Ela também colabora no blog: Irmandade Literária! 


Aproveitem para ler!
Aqui vai a sinopse para dar um gostinho de quero mais!!


Sinopse Saga Pantalon - Livro I: Desmemórias



Ela era feliz.
Até que tudo foi por água abaixo.
Até que tudo o que conhecia e amava,
apagou.

Viver eternamente como empregada na casa dos tios não estava em seus planos. Principalmente quando se tem uma parte da vida esquecida.

Num equívoco, tudo se transforma.

Ela descobre que essa parte esquecida na verdade, lhe fora arrancada e jamais voltará. Seria mesmo?

Num mundo onde borboletas são mensageiras reais, onde punhos de fogo representam respeito e temperamentos e onde seres que não deveriam existir, de fato, existem, trazem consigo traições, mentiras, batalhas.

Onde os que deveriam estar mortos, na verdade, retornaram e estão a procura do poder absoluto. Poder no qual poder estar no coração de qualquer um. Poder no qual, deve estar protegido por aqueles que foram contemplados e só esses sabem do verdadeiro mistério que pode mudar a vida de todos.

Diante de investigações confiáveis e da presença de um cara super gato que mexe com seus sentimentos, Lyra vê que isso pode ser um erro e que a parte que lhe fora tirada pode voltar. Contudo, isso seria um risco, valeria à pena descobrir? Valeria à pena continuar nesse mundo e desvendar os segredos que a cercam?

O Reino de Pantalon está bem diante de você, cabe apenas ser portador do sangue para enxergá-lo.

Você nunca lembrará...

Saga Pantalon
D e s m e m ó r i a s


“Ele era um ímã. Um ímã muito poderoso.”

 DEIXE UM COMENTÁRIO E VISITE O BLOG DA AUTORA!
AGRADEÇO DE CORAÇÃO.
BEIJINHOS LITERÁRIOS!!

24 de setembro de 2011

Desistir de um sonho... é desistir de si mesmo... II- Final.


Mas aquele era um dia diferente. O sol nem dera o ar de sua graça. Ela deveria saber que era um dia diferente. Mas não percebeu. Viveu como se fosse igual a qualquer outro, a qualquer um. Nem os passarinhos cantaram na sua janela naquela manhã, as galinhas não saíram do galinheiro como de costume. Ela deveria saber! Meia hora depois, nem lembraria ao certo o que foi que aconteceu.
Marisa, assim era o nome da amiga, era aquele tipo de mulher que mesmo de salto, impunha a espada e lutava por aquilo que queria, mas isso não a fazia perder a delicadeza e doçura, femininas. Ela sempre soube ser simpática com as pessoas. Onde Não foi nada que ela havia dito. Pelo menos não diretamente. Era algo lá dentro, nas entranhas da mulher que visitava a amiga do passado, que estava muito bem, obrigada! Tão bem, que isso começou a incomodá-la. Não era inveja que abateu sobre seu espírito fraco. Não, não era!
De repente foi se sentindo pequena diante de uma mulher tão grande; não no tamanho, mas, nas conquistas e lutas. Elas haviam crescido juntas, iam contando histórias no caminho para a escola chegaram a gostar do mesmo menino quando estavam na quinta série, e para não brigarem; decidiram esquecê-lo.  A vida um dia as separou.  Não fossem as doces recordações... não tinham nada para conversar. Estavam diferentes e distantes demais.  Só agora é que foi perceber.  A vida transformava a todos e havia transformado elas também.
O que fizera com a sua vida? O que deixara de fazer por ela?
Não prestou mais atenção a tudo que Marisa falava. Simplesmente não conseguiu. Seus pensamentos novos e estranhos  desconectaram- na do mundo.
Tentava compreender o que foi que aconteceu. O que ela estava fazendo enquanto a amiga realizava seus sonhos?
Nunca havia saída de seu Estado, o sonho de conhecer o mundo jazia numa gaveta escura e fria, na sala secreta da alma.
-         Amiga! – disse com entusiasmo, de repente Marisa, como que se lembrando de algo – Eu fui ao salar da Bolívia! – contou feliz - Lembra que sonhávamos em conhecer?
- O salar da Bolívia. – repetiu em pensamento – O maior deserto de sal do mundo. Como poderia esquecer? Esqueceu-se apenas de ir lá, encontrar-se com seu, SEU sonho. Mas que aquela mulher, aquela linda e poderosa mulher a sua frente, conheceu e ela não!
Marisa contava-lhe como era estar lá, numa das regiões mais remotas da Terra, e cada palavra parecia um punhal se encravando em sua alma adormecida.
-         O lugar é habitado pelos índios quíchuas que vivem do pastoreio de lhamas e da plantação de batatas. – dizia Marisa, alheia aos sentimentos da outra – Aliás, por lá andaram também os Incas em suas peregrinações.
É, isso ela já sabia... Quando sonhara em ir ao sul da Bolívia conhecer o salar, começou a pesquisar sobre o lugar e acabou lendo em algum livro ou revista, já não lembrava mais, sobre aquele caminho de peregrinação Inca. O Salar pareciam tão fascinantes que, às vezes, era difícil acreditar que realmente existia. Mas pelo relato de Marisa, tudo era mais real do que jamais poderia crer. Tão real que começou a sentir uma forte e imensa inveja.
Agora sim era inveja.
Desgostosa, levantou-se. Tinha vontade de chorar, gritar, qualquer coisa, menos continuar ouvindo o relato da viagem que tanto quisera fazer e que quem fizera fora a melhor amiga do passado e não ela, a pessoa que ousou sonhar com aquele lugar inóspito na Cordilheiras dos Andes.
Passou tantos dias pensando naquele deserto, relatando tudo o que descobria a respeito do lugar para sua melhor amiga. O sonho era seu, seu! Como ela ousara roubar-lhe?
Roubar-lhe algo que ela nunca lutou de verdade para ter, para viver.
Alguém sem sonhos já era horrível, mas alguém com sonhos e sem coragem para realizá-los era pior ainda!
O que ela não lembrava, ou não queria lembrar, era que o sonho não era apenas dela, ambas sonharam juntas, só que uma lutou para torná-lo realidade e a outra não.
É claro que, bem no fundo ela ainda se lembrava, mas para não sentir-se pior ainda, tentava desesperadamente encontrar uma desculpa que não a condenasse. Que a permitisse continuar respirando depois daquele dia, daquela tarde triste.
Sentiu-se fraca, muito fraca. Precisava despedir-se enquanto ainda era tempo, antes que o chão se abrisse e a engolisse em suas trevas. Deu uma desculpa qualquer e foi arrastando os pés, costas arcadas carregando o peso da alma triste e estranha.
Ela chorou. ..
copyright, M.C.Jachnkee

HOJE É DIA DE....RESENHAAAAAA!

Oi amigos e amigas!
Preciso da colaboração de vcs . A Elis do blog A Magia Real, postou a resenha do meu livro, hoje!
Leiam e comentem, é muito importante!
Beijinhos e obrigada.
Aqui vai o link

http://amagiareal.blogspot.com/2011/09/amazonia-m-c-jachnkee.html#comments



MARLI CARMEN JACHNKEE

23 de setembro de 2011

SURPRESA!!!!

Gente!! Imagina minha alegria ao ler o que a Aymée escreveu sobre o blog Amazônia no blog dela...



  
Amazônia Um Caminho Para Um Sonho – Marli Carmen Jachnkee
  É um blog criado pela escritora Marli Carmen Jachnkee que se define com alguém que gosta de descobrir coisas novas e diferentes que o mundo proporciona (uma capricorniana assumida e muito parecida em alguns aspectos comigo [apesar de ser uma aquariana, tenho lua em capricórnio e em vários astros também]).
Neste espaço virtual você encontra: entrevistas, resenhas (livros, músicas e por aí vai), sonetos e relatos sobre o processo escrita da autora.
Gostei muito do texto chamado Desistir de um Sonho é Desistir de Si Mesmo. Entendi e compreendi quando a autora disse como é difícil largar os personagens quando se termina uma obra, eu quando escrevo um roteiro tenho essa sensação. Passo dias e noites em claro imersa na trama e quando ela chega ao fim há um vazio.
O que mais chama atenção no blog é que nele ela posta todo o processo do livro Amazônia Um Caminho Para Um Sonho, todas as experiências que adquiriu ao fazê-lo. Isso é motivante para quem está começando carreira. Pois lá é possível se expressar, Marli é muito comunicativa e atenciosa com todo mundo.
O blog possuí um visual simples, mas muito convidativo, evoca muito do que é o projeto e que apesar da simplicidade, cativa a todos que visitam.



OBRIGADA AYMÉE!!!!!!!
marli says:
Oi Aymée.
Nossa que fofo!
Juro que foi uma surpresa..por sinal, muuuito agradável!!!
Eu criei o blog para divulgar o livro..e ao ler o que vc escreveu, compreendi a grande importância que pode ter!
Amazônia – é uma obra escrita com a mente e o coração! A razão e a sensibilidade acompanham o leitor do início ao fim! Amo cultura, amo história e reconheço meu fraco conhecimento, então por isso eu escrevo..para conhecer e dividir com as pessoas interessadas! Acredito que é por esse motivo que o livro está sendo um grande sucesso!
Muito obrigada por suas palavras, que são para mim um grande incentivo!
Beijinhos com carinho!

21 de setembro de 2011

PRIMEIRO BOOKTOUR DO BLOG!!





INCENTIVO AOS AUTORES NACIONAIS!!!

18 de setembro de 2011

NOTA!

Estou buscando 5 autores e 5 blogueiros para participar do booktour do meu blog.
Os livros vão girar entre os blogueiros..vc quer ser um?
Vcs tem 15 dias para ler e resenhar no blog...depois precisa passar adiante. (cada um arca com o custo do correio)
Os primeiros a responderem farão parte do booktour.
Aguardo resposta.

Autores confirmados: (FECHADO)
M.C.Jachnkee - Amazônia - um caminho para o sonho.
Adriana Vargas - Oitavo Pecado.
Johnny Virgil - O Homem - Concha  a casa do penhasco.
Valentine Vieira- Chama Imortal
Mariana Collares- Devaneios Literários.( SEM RESENHAR ESTE LIVRO NO SKOOB)


Blog confirmado: ( FECHADO!!!)
http://palavrasaventureiras.blogspot.com/ Amazônia - um caminho para o sonho.

http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/ Oitavo Pecado.
http://baseadoemfatosliterarios.blogspot.com/ O Homem - Concha  a casa do penhasco.
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/  Impacto Fulminante
http://thingsthatinspiree.blogspot.com/  Devaneios Literários (SEM RESENHAR ESTE LIVRO NO SKOOB)


NO FINAL, OS LIVROS SERÃO SORTEADOS ENTRE OS RESENHISTAS PARTICIPANTES!

RESULTADO DO SORTEIO!!!!!!!

True Random Number Generator 25 Powered by RANDOM.ORG
OBRIGADA A TODOS QUE SEGUIRAM O BLOG E COMENTARAM NO POST DA PROMOÇÃO!!
QUEM IRÁ RECEBER, NA COMODIDADE DA SUA CASA, O LIVRO "AMAZÔNIA- UM CAMINHO PARA O SONHO" É A QUERIDA SIMONE POESIAS!!!!!


 NOVO SORTEIO NO BLOG!
O LIVRO: " O VOO DA ESTIRPE" DA ESCRITORA ADRIANA VARGAS!
APROVEITEM!
BEIJINHOS
MARLI CARMEN JACHNKEE

17 de setembro de 2011

SORTEIO DO LIVRO DA ESCRITORA ADRIANA VARGAS!

QUEM LEVOU O LIVRO FOI: LANEEEEEEEEEEEEEEEEE!! PARABÉNS!!!
RESENHA:
“...Não sabe ao menos se me quer como sou, ou se me afasta por ter medo de não ser feliz por toda a sua vida...”
O Voo da Estirpe é um livro que mexe com o leitor, impossível sair igual após a leitura! A escritora foi completamente feliz na escolha do enredo e principalmente a maneira magnífica de organizar as ideias!
Forte- ousado-verdadeiro!
É um livro que vai até as entranhas do ser humano e te desnuda, e desafia!
Clarice é uma mulher que vive sozinha, não quer apaixonar-se, mas também não quer ficar sozinha. É uma mulher que reflete e sente. Que pensa e questiona!
Klaus é um homem romântico que desafia os conceitos amorosos de Clarice. Ele a vai guiando até o amor sublime. Tem uma visão privilegiada do mundo e a divide com Clarice - a mulher que ele ama.
O leitor vai sentir uma imensa paz, vai rir, vai chorar, vai torcer pelos dois! A cada novo capítulo o leitor vai se envolvendo na história e se pudesse, entraria nas páginas e os apoiaria!
Quantas vezes deixamos de amar alguém por que temos a convicção de que não durará muito? Pode ser por uma diferença de idade, uma doença, diferença geográfica ou religiosa! Deixamos de tentar pelo simples fato de pensar que não dará certo!
A autora aborda a questão de viver o momento! Ser tão feliz, tanto quanto é possível, no momento.
Lembrei - me da borboleta, que tem a vida tão curta, mas vive o seu momento de borboleta e é feliz!

Marli Carmen Jachnkee.
REGRINHAS!
1-  Seguir publicamente o blog: http://amazoniaumcaminhoparaosonho.blogspot.com/
2- Deixar um comentário aqui no link da promoção.
3- Residir no Brasil ou ter um endereço de envio no Brasil.
4- Sua posição no comentário é o seu número no sorteio.
5- Data início: 17/09/11
6- Data término: 11/10/11
7- Data sorteio: 12/10/11

ATENÇÃO!  Se o ganhador não entrar em contato em até 3 dias após a divulgação, farei novo sorteio!

SEGUNDO BOOK TOUR DO BLOG AMAZÔNIA!! Fechado!

OLÁ RESENHISTAS E AUTORES.
SE VOCÊ TEM INTERESSE EM FAZER PARTE DO SEGUNDO BOOK TOUR , DEIXE UM COMENTÁRIO E O ENDEREÇO DO BLOG. 
SE DESEJAREM PODEM DEIXAR TAMBÉM UM E-MAIL PARA CONTATO.


Para os autores: 
precisam disponibilizar 2 exemplares do mesmo livro.
Podem também, enviar mimos para as resenhistas! Fica a critério de cada um!


Para resenhistas: 
Terão 15 dias a partir do recebimento do livro para ler e resenhar.
Devem publicar a resenha no skoob.
Avisar da publicação no blog, assim como, recebimento e envio de livros.
Cada um se responsabiliza pelos gastos com correio.( por que seria difícil controlar isso)


Bem-vinda ao segundo book tour do blog Amazônia!!!


Autores:
Marli Carmen Jachnkee- Amazônia - um caminho para o sonho
Cesar Soares Farias- O Grande Pajé.
Johnny Virgil- O Homem- Concha.
Regina Monge- A Escolha de Cada Um.
Junior Menezes- A CIDADE DOS MARES



Resenhistas: 
Vicky Dorettohttp://aluanaminhajanela.blogspot.com-A CIDADE DOS MARES

Rudyhttp://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/ - A Escolha de Cada Um.

Sthéfanie-http://modaeeu.blogspot.com/ Amazônia- um caminho para o sonho
J.C.Hesse- http://negativeuniverse.blogspot.com/ - O Homem- Concha.
Mia- http://imaginemia.blogspot.com/- O Grande Pajé.


O MEU É: MARLICARMEN@HOTMAIL.COM

GRATA
MARLI

Último dia...

Último dia para concorrer ao livro "AMAZÔNIA- UM CAMINHO PARA O SONHO"

Data de Término: até às 14:30 horas do dia 17/09/2011

16 de setembro de 2011

Entrevista realizada pelo Jornal Ascurra News, aqui da minha cidade.

SORTEIO CHEGANDO!!!!!!! SERÁ DOMINGO, DIA 18/09!!!
Entrevista:
Você escreveu um livro sobre a Amazônia, por que este tema?
Por que ao mesmo tempo em que é um tema discutido mundialmente é também um tema pouco conhecido. A vontade de escrever sobre um lugar tão distante do meu, foi justamente esse desafio: levar ao leitor uma visão, sobre o lugar e as pessoas, que talvez ele ainda não tenha.

Como começasse a escrever?
Foi pouco a pouco, com muita persistência. No começo escrevia duas linhas por tarde e no dia seguinte eu apagava uma, porque não gostava! Mais ou menos assim, escrevendo e apagando! Todos os dias eu pensava, respirava essa ideia de escrever sobre a Amazônia. Então, eu cheguei a conclusão de que, se eu escrevesse uma única linha por dia, seria o suficiente para tornar meu sonho real algum dia. Mas se eu não escrevesse, ele jamais sairia da minha mente! Então eu fiz o que tinha que ser feito!

Quando você percebeu que quer ser escritora?
(risos) Quando eu terminei de escrever “Amazônia – um caminho para o sonho.” Foi aí que percebi que quero isso para minha vida!  Vivi uma pequena depressão..pois senti muita falta dos personagens, do enredo..tudo! Eu tinha respirado “Amazônia” durante anos e de repente, aquilo chegou ao fim! Acredito que a parte mais difícil para um escritor, não é começar uma história e sim terminá-la! Então eu precisei escrever outro livro e escrevi- ele jamais será impresso, está no meu blog: http://tecendoaventuras.blogspot.com/

Como surgiu a ideia de Amazônia?
Surgiu de uma reportagem que eu li a respeito da Amazônia quando estava em uma viagem escolar para o Rio Grande do Sul ao terminar o oitavo ano do Ensino Fundamental. E eu decidi que iria escrever sobre a Amazônia para levar informação aos interessados.

Fale um pouco sobre os personagens.
Daniel é um professor de História e tio de Joana - uma das garotas da turma - e responsável por tudo que vai acontecer. Ana Carolina e uma garota zen, super tranquila e tem uma fala otimista, Camila é a mais brincalhona da turma e Rafaela é a sonhadora, quer ser escritora, quer apaixonar-se, quer tudo mas não faz nada.

Por que uma escritora?
Eu não sei ao certo a razão, foi algo que nasceu. Talvez de maneira inconsciente eu quisesse passar um pouco dessa experiência de escritor, que as ideias não surgem com facilidade, é necessário muita persistência.
 
O que você poderia falar a respeito da experiência que teve com os nortistas?
Que todas as pessoas estão lutando - mesmo que interiormente - por uma causa! E que todos tem um sonho, mesmo que talvez jamais lutem por ele. Mas tem a sua meta de vida!  As pessoas que eu conheci na Amazônia foram muito receptivas comigo, me ajudaram em tudo que estava ao alcance delas e falaram um pouco sobre seus sonhos. Isso foi o mais legal! Eles perceberam no meu olhar que eu estava lutando pela minha causa pessoal, e quiseram contar um pouco a deles!

Você está cursando Letras, mas é evidente em “Amazônia: um caminho para o sonho” que você nutre uma forte paixão por história. Até pelo fato de ter vivido nos Andes...
(risos) Sim, é verdade! É difícil dizer desde quando tenho essa atração pela história, pelo passado, por coisas antigas. Mas eu adoro! Ir à Amazônia proporcionou uma grande mudança interior na minha vida, levando em consideração como ela era naquele momento. E o mais legal, foi que eu não fui com a intenção de me transformar e sim para coletar dados para o livro. Viver nos Andes foi o segundo trampolim para uma mudança interior e física. Viver na antiga capital do Império Inca me levou a ver a simplicidade como algo belo.

Podemos esperar um novo livro?
Com certeza! E será muito melhor, pois a gente amadurece e isso também reflete no nosso trabalho.

Sobre os Incas?
Ah(risos) Há todas as possibilidades!

O que você pretende fazer depois de Formada?
Pretendo viajar para concluir o segundo livro - pois necessito mais dados - editá-lo e fazer Mestrado em Literatura!

E quem quiser estar em contato com a escritora?
Podem deixar um recado no blog do livro: http://amazoniaumcaminhoparaosonho.blogspot.com/ ou enviar um e-mail para: marlicarmen@hotmail.com

15 de setembro de 2011

Reprise: Como o sorteio será domingo 18/09, uma reprise para conhecer um pouco da minha história.

"É apenas uma gota no imenso rio Amazonas..mas sem essa gota o rio seria menor!"

 

A AUTORA DE: AMAZÔNIA UM CAMINHO PARA O SONHO.

Sou uma capricorniana que adora conhecer novos lugares, aromas e culturas diferentes. Meu nome é Marli Carmen Jachnkee, minhas origens mais próximas são italina (mãe) e alemã (pai).
Nasci em Blumenau e vivi meus primeiros dias de vida na Escola Número 1 em Itoupava Central, naquela época ninguém sabia do seu passado e várias famílias passaram por lá, indo e vindo. Alguns anos depois fomos viver em Belchior, retornamos a Blumenau, seguimos para Ascurra, então decidi ir viver sozinha em Cusco e retornei fim do ano de 2008 para prestar o vestibular.
Dentro de minha casa jamais fui incentivada a cursar o Ensino Superior. Decidi por Letras desde o oitavo ano. Mas fiquei com vergonha de dizer que queria estudar esta carreira. E depois, como eu não tinha nem um tostão e nem conseguia me imaginar professora, deixei o sonho dormindo.
Nunca desisti dos meus encantadores sonhos. Viajei pela primeira vez sozinha para a Amazônia quando tinha 23, fui de avião até Manaus e desci o rio até Belém. Depois o Brasil tornou-se pequeno demais para mim e aos 25 fui conhecer Machu Picchu e todo o legado Inca.
Um ano depois estava eu retornando para viver em terras “sagradas” com o coração aberto para aprender o idioma e a cultura dos andinos. Acabei me tornando amiga de um dos maiores e mais respeitado investigador dos Incas. (Inca na verdade era um título político o nome do povo era Tawantysuyo)
Foi uma experiência que mudou o rumo da minha vida. E graças ao meu melhor amigo, que enxergou capacidades em mim que ninguém jamais viu, estou aqui de retorno ressuscitando meu antigo sonho do oitavo ano: estudar Letras e ser escritora!
Sinto saudade de Cusco, dos meus amigos, das pessoas que encontrava pelas ruas, da música, do idioma, da cultura, da culinária (considerada uma das melhores do mundo!).
Sinto saudade até da altitude que me deixava fatigada (um pouco mais de 3.000 metros!), sinto saudade de tudo que emana daquele lugar: o frio, as vendedoras me incomodando todos os dias, daquele trânsito caótico. Daqueles que pensavam que eu era da Europa ou dos E.U.A, mas jamais do Brasil! Sinto saudade de cada sorriso que recebi, de cada aperto de mão, de cada palavra jogada ao vento.
Nestes anos que passaram, desde o meu Ensino Médio, descobri que realmente não importa o lugar que eu nasci, qual a minha classe social, em que escola estudei. O importante mesmo é que levo comigo uma imensa força interior e isso fará com que meus pés pisem onde eles devem pisar.




Editora Nova Letra.
Vendas online: http://www.livrariascuritiba.com.br/product.aspx?idproduct=LV290216

14 de setembro de 2011

Como nasce uma ideia?

Muitos me fazem a pergunta: "Como nasceu a ideia de escrever sobre a Amazônia?"
É muito difícil responder...nasceu do gosto por meio ambiente...do amor platônico pela Floresta Amazônica ( eu ainda não conhecia) da imensa vontade de aprender e dividir com o leitor!
Amazônia é resultado de anos de dedicação e pesquisa.
Faz 15 anos que nasceu a ideia, pouco a pouco, ela foi amdurecendo...criei um plano de viagem para os personagens e fui, de mochila nas costas, percorrer o que eles iriam percorrer!
Agora...começo a escrever a continuação!
Como nasce uma ideia...é sempre difícil responder...
Marli Carmen Jachnkee

APROVEITEM!!

Últimos dias para concorrer ao sorteio do livro "Amazônia- um caminho para o sonho".
Sorteio será domingo dia 18/09.
Beijocas!!


Em Amazônia- um caminho para o sonho, o leitor conhecerá cinco personagens que vão acompanhá-lo durante toda a viagem. Vai se encantar com a beleza e exuberância de uma Amazônia tão brasileira! Apaixonar-se-á por Rafaela, a jovem aspirante a escritora, tímida e atraída pelo charmoso Tio de sua amiga. Poderá o amor se desenvolver até o final da viagem ou não passará de um sentimento platônico?
Amazônia- um livro que te fará se apaixonar pela Brasil e te levará a uma viagem inesquecível.

12 de setembro de 2011

TROCA - TROCA!

Hoje, eu recebi mais um livro, resultado de troca entre autores!!!
É do meu Professor de Literatura Brasileira e escritor Maicon Tenfen!!!
Minha amiga Cleide do blog: http://palavrasaventureiras.blogspot.com/ vai resenhar e faremos juntas o sorteio do livro para vocês!!!
Bem...claro que esqueci de mencionar que ele vai disponibilizar um livro exclusivamente para o sorteio e autografado com o nome do ganhador!!!! Não é o máximo???
Vou agendar uma data e logo aviso!!
Beijocas para todos e muito obrigada pelo apoio!
Saiba mais a respeito do livro em: Sorteio!!!
Marli Carmen Jachnkee

11 de setembro de 2011

Livro de uma escritora maravilhosa!

Gente!
Acabei a leitura de O VOO DA ESTIRPE da maravilhosa Adriana Aguiar, do blog Novos Autores.
Em breve, haverá sorteio da obra magnífica da autora!! Avisarei todos!


“...Não sabe ao menos se me quer como sou, ou se me afasta por ter medo de não ser feliz por toda a sua vida...”
O Voo da Estirpe é um livro que mexe com o leitor, impossível sair igual após a leitura! A escritora foi completamente feliz na escolha do enredo e principalmente a maneira magnífica de organizar as ideias!
Forte- ousado-verdadeiro!
É um livro que vai até as entranhas do ser humano e te desnuda, e desafia!
Clarice é uma mulher que vive sozinha, não quer apaixonar-se, mas também não quer ficar sozinha. É uma mulher que reflete e sente. Que pensa e questiona!
Klaus é um homem romântico que desafia os conceitos amorosos de Clarice. Ele a vai guiando até o amor sublime. Tem uma visão privilegiada do mundo e a divide com Clarice - a mulher que ele ama.
O leitor vai sentir uma imensa paz, vai rir, vai chorar, vai torcer pelos dois! A cada novo capítulo o leitor vai se envolvendo na história e se pudesse, entraria nas páginas e os apoiaria!
Quantas vezes deixamos de amar alguém por que temos a convicção de que não durará muito? Pode ser por uma diferença de idade, uma doença, diferença geográfica ou religiosa! Deixamos de tentar pelo simples fato de pensar que não dará certo!
A autora aborda a questão de viver o momento! Ser tão feliz, tanto quanto é possível, no momento.
Lembrei - me da borboleta, que tem a vida tão curta, mas vive o seu momento de borboleta e é feliz!

Marli Carmen Jachnkee.


Blog da auotra: http://drisph.blogspot.com/

EXPERIÊNCIAS...

“De repente, numa tarde qualquer, você percebe que não é amado como gostaria. A pessoa do qual você gosta muito, prefere estar com outros, mais a estar com você. Pouco a pouco, você vai percebendo que a alegria que ela sente quando está com outros, não é a mesma ao seu lado. Vai tendo a sensação triste de que aqueles olhos já não te procuram mais.
Tudo na vida é uma escolha. Ninguém pode nos ferir ou nos fazer chorar se não permitirmos. A maturidade, a experiência de vida e o equilíbrio entre razão e sensibilidade tornam-se um ponto importante para o caminho do querer-se, do amar-se primeiro e depois o outro.
Quando criamos muita expectativa sofremos mais. Expectativas no novo emprego, namorado(a)... as pessoa ou as coisas não são aquilo que imaginamos que devam ser, assim como nós não somos o que os outros imaginam que temos o dever de ser. Somos o que somos e só podemos melhorar quando aceitamos nossas falhas e limitações, ninguém poderá fazer isso por nós, além de nós mesmos. Cabe a cada um compreender que o mesmo acontece com o outro. Não podemos e não devemos mudar ninguém, talvez dar-lhes ferramentas necessárias para ver as coisas do mundo por uma nova perspectiva, mas querer que mude velhos hábitos, somente se a pessoa quiser."
 Autoria: Marli Carmen Jachnkee

Fonte foto: http://sil-infinitoparticular.blogspot.com/2009_03_01_archive.html

9 de setembro de 2011

Soneto!

Sonho Andino.

Quando te vi já te conhecia
Meus olhos te reconheceram
No templo te escondias
Já sem esperança, destes pés que te encontrariam

Enfretei o frio dos Andes
E a fúria do puma
Não sem antes
Acreditar que de força dispunha

Descobri enfim, um tesouro andino
Guardado para mim e protegido pelos deuses
Para ser parte de minha fortuna

O sol se aproximou da Terra depois de meses
Trazendo calor e alegria oportuna
E os filhos do Sol se alegraram diante de lindo destino

8 de setembro de 2011

Minha primeira caixinha de correio!

O escritor, Johnny Virgil, trocou um exemplar do seu livro comigo!
Que emoção!!!
Está autografado.. após ler...colocarei no espaço Dica de Literatura!
Feliiiiiiiiiiiiiz

7 de setembro de 2011

Livro!

Em Amazônia- um caminho para o sonho, o leitor conhecerá cinco personagens que vão acompanhá-lo durante toda a viagem. Vai se encantar com a beleza e exuberância de uma Amazônia tão brasileira! Apaixonar-se-á por Rafaela, a jovem aspirante a escritora, tímida e atraída pelo charmoso Tio de sua amiga. Poderá o amor se desenvolver até o final da viagem ou não passará de um sentimento platônico?
Amazônia- um livro que te fará se apaixonar pela Brasil e te levará a uma viagem inesquecível.
Interessados em adquirir o livro, podem deixar um comentário aqui no post, ou mandar e-mail para: marlicarmen@hotmail.com

Quem quiser concorrer ao sorteio, vá até o post de Agosto. Sorteio será dia 18/09
Beijinhos

Haicai- Para uma Princesa.

"
Pequena Princesa,

flor de lótus da nobreza,

conduz como guia."

Bom feriado!!!!!!!!!!!!

Há uma enquete ...votem..assim poderei saber qual o interesse dos que buscam o blog e melhorar mais ainda!
Beijos para todos vocês!


Sorteio de um livro de minha autoria!

Ajude a divulgar - comente - sua participação é fundamental!!!

Vc encontra o Post no mês de Agosto!!

Obrigada leitores, amigos e seguidores!
Beijos!

Desistir de um sonho... é desistir de si mesmo...

"A chuva, mais um dia, brindava a plantação.
Era domingo, depois dos afazeres, finalmente sentou-se um pouco, olhando as gotas que vinham do céu.
Jê brincava no assoalho da varanda com seus carrinhos plásticos. Quando se tem um filho, passa a ter responsabilidade. A responsabilidade de não morrer. De vê-lo crescer, procriar e assim ele sucessivamente faria o mesmo.Uma mãe de verdade não apenas amamentava, também ensinava a repartir o alimento. Desejava que quando crescesse, seu filho se tornasse um homem lindo, e mesmo assim soubesse que era igual a todos os outros. Dedicava-se todos os dias para que seus gestos, passos, atitudes, palavras, fossem iluminados para que seu filho visse nela um exemplo e crescesse um homem de sabedoria, amor e alegria.
Uma mãe de verdade não desistia do filho, ... e nem de si mesma.
Mas em algum momento ela desistiu. Nada mais de banhos de chuva, correr ao vento, conversar com estranhos. Viver a vida! Deixar de acreditar nas mil e uma histórias sobre segurança. Um emprego, família, casa... Segurança! Colocar o pé na estrada: gesto irresponsável. Trocar o certo pelo duvidoso: coisa de ignorante. Pra que tentar quando já se tem! Quando tantos já fizeram o mesmo caminho e é muito mais fácil seguir pela trilha aberta? Para que ir ao salar da Bolívia, se só têm sal lá?
Menina estúpida! Ir tão longe pra ver sal! Economizar tanto, pra comer poeira e sal, e depois voltar pra casa de mãos vazias!
Muitos eram agredidos impiedosamente por ousarem querer ser. Ser qualquer coisa. Ser o que os seus não eram.
Nada de abandonar o certo pelo duvidoso! Antes um pássaro na mão, que dois voando! Não se arriscava! Por que não era preciso! Tinha tudo, comida, casa, família e filho. O que mais poderia querer?
Salares eram para desocupados, rebeldes e irresponsáveis filhinhos da classe média. Que iam lá, fotografavam sempre no mesmo ângulo, não entendia nada sobre o lugar, mas retornavam contando mil e uma histórias, como se realmente soubessem o que estavam dizendo.
Aquela mulher, sentada na varanda quando era jovem sonhava, desejava, mas não lutava.
Aqueles pés que caminhavam descalços e ainda macios, eram a prova do pouco que percorreram do mundo. Podia ver a tristeza se aproximando de sua alma. Sempre era assim. Sempre que ousava olhar para trás, para sua vida, para o que deixou de fazer, uma forte dor batia no peito e sufocava.
Dor na alma. Antes de se acomodar, a dor. A sensação de imenso vazio. Só vontade de chorar, nada mais! Quando fechou as portas para o sonho, quem ficou foi a dor.
Agora ela voltava. Sentia uma dor no peito, pelos sonhos desfeitos. A mesma dor da perda de suas fantasias, só com uma diferença: não as estava perdendo, por que não as tinha mais. Então, o que era aquilo?
Dor de perder, sem perda?
Ou dor de uma nova perda?
-    Mãe!
Pulou da cadeira, do susto que levou. Saindo enfim, de seus pensamentos que só a faziam sofrer. Melhor não pensar mesmo! Quanto mais pensava mais doía.
Tampar o sol com a peneira...
-    Por que Deus não é mulher?
Meus Pai Amado! Lá vinha ele com suas reflexões!
-    Por que é assim e pronto! – disse sem mais delongas.
Estava doída.
Doída por dentro, na alma.
Levantou-se e foi coar um café.
Havia dois caminhos diante de todos: ver ou continuar com o véu a cobrir o olhar. Poder-se-ia dar umas espiadelas de vez em quando,... e começar a pensar. Então, se abriam mais dois caminhos: o da Santidade e o da Loucura.
Pensamentos podiam elevar ou enlouquecer.
Quem sabe, apenas enfraquecer..."
Fonte foto: eTravelphotos

6 de setembro de 2011

Um dia...

"Um dia cantos serão ouvidos no entardecer da aurora.
E como bailarinos, acompanharemos suas notas em passos suaves.
O vento que sopra forte nos fará forte.
O oceano se abrirá para nossos passos deixar passar.
E como se fôssemos os únicos,
Acreditando que somos.
Tomaremos em nossas mãos o que sempre nos pertenceu."

5 de setembro de 2011

Sorteio de um livro de minha autoria!

Post do sorteio..mais abaixo...
Ajude a divulgar - comente - sua participação é fundamental!!!

Vc encontra o link no mês de Agosto!!

Obrigada leitores, amigos e seguidores!
Beijos!
Marli Carmen.

Publicado, no dia 05/09, no Sarau Eletrônico da Universidade Regional de Blumenau- FURB

“Amazônia: um caminho para o sonho”

capaDaniel é tio de Joana e professor de História. Joana é protetora e preocupada com o meio ambiente, perdeu os pais em um acidente de ônibus, o mesmo em que estavam os pais de Ana Carolina. Camila gosta de música, trabalha na fábrica, é espontânea, vegetariana e sempre faz brincadeiras. Ana Carolina é zen, tem palavras sábias e é calma. Rafaela é insegura, nervosa, medrosa, adora Ana Carolina, sua melhor amiga e como que uma irmã para ela.
Em “Amazônia: um caminho para o sonho”, livro de estreia da escritora Marli Carme Jachnkee, os personagens buscam uma mudança na vida, e por isso partem da pequena Ascurra, no interior catarinense, para a maior floresta tropical úmida do mundo. Lá conhecem a majestosa Manaus dos barões da borracha, passam pela festeira Parintins, sobem o rio Tapajós ao encontro de Fordlândia (a cidade americana construída em meio à selva) e seguem até a Belém dos índios Tupinambá.
Além de expor fatos históricos o livro traz também muita curiosidade a respeito da região norte do Brasil e aborda temas como a biopirataria, Chico Mendes entre outros.
Sobre a autora e o lançamento
A escritora Marli Carmen Jachnkee é natural de Blumenau e vive atualmente em Ascurra (município dso Vale do Itajaí). Estuda Letras na FURB. O romance “Amazônia: um caminho para o sonho”, é seu primeiro livro. Publicado pela editora Nova Letra, terá seu lançamento no dia 21 de setembro, na Casa do Poeta Lindolf Bell, em Timbó.

4 de setembro de 2011

RESENHA DO LIVRO QUE SERÁ SORTEADO- LINK MAIS ABAIXO! APROVEITE PARA LER E CONCORRER!

Amazônia – Um Caminho para o Sonho

“...e sabia que todo sonhador, um dia, precisa bater suas asas e voar. Voar em direção a sua grande meta, aquela que irá transformar sua vida para sempre, pois só sonhar não é o suficiente, é preciso, também, coragem para lutar.”
Até onde você é capaz para realizar o seu sonho? O que te move para ter coragem o suficiente de vencer seus medos e sair da rotina? Essas perguntas são frequentes quando se tem uma meta. E é isso que faz quatro jovens sonhadoras e um professor, viajarem para a misteriosa e irresistível  Amazônia.
Em Amazônia – Um Caminho para o Sonho, Rafaela, Camila, Ana Carolina, Joana e Daniel, cinco ascurrenses que buscam ser mais do que turistas, mas sim viajantes, que vão em busca de conhecimento e história de um povo.
Os personagens passam pela maravilhosa Manaus, conhecendo locais históricos, como o teatro, onde abrem asas ao sentimento e viajam numa história fascinante, vão ao maravilhoso encontro das águas de Rio Negro e Solimões, passando por Parintins, rumo à Fordlândia, local maravilhoso e com certo ar de mistério, para a encantadora Belém.  
Cada lugar passado é destacado a cultura, a comida típica e a identidade do povo da região norte do Brasil.
Amazônia – Um Caminho para o Sonho traz à tona a questão importante da preservação da Amazônia, revelando seus segredos, seus mistérios, suas alegrias, suas tristezas, mostrando o quão importante é a sua história, que na realidade, é nossa.
Com mensagens positivas, a leitura se torna cada vez mais interessante, trazendo junto com ela, um romance no ar que nos deixará intrigados do começo ao fim.
Quebrando mitos, revelando o folclore da região, junto com Ana Carolina, Joana, Camila, Daniel e Rafaela, viajaremos num lugar incrível, que a autora tratou de descrever minuciosamente, deixando questionamentos e reflexões que nos levam a viajar para lá, não só com a mente, mas também com o coração.                                                                                             Cleide B. T. Pisetta
ESTUDANTE DE LETRAS NA FURB
                                                                             http://suaestrelavaibrilhar.blogspot.com/

3 de setembro de 2011

Amar...


"Morí de amor y aún estoy viva 
a ti solo deseo alegría
me cuidaste como a un cristal
te lo agradezco pues nunca me hiciste exigencias
ayudándome así a comprender esto que llamamos amor
desprendiste mis pies del piso
estaba a punto de ahogarme..
viniste a  rescatarme
para poder equilibrarme con tu amor
hoy sé que amor no es necesitar
es simplemente amar!"
© M.C. JACHNKEE. Powered by Blogger :: Voltar ao topo imagem-logo